quarta-feira, 25 de maio de 2011

Feliz Dia do Orgulho Nerd!

É isso mesmo, dia do Orgulho Nerd...Até porque pense bem, existe dia das mães, dia da água, dia do escoteiro e outros tantos milhões não só no Brasil, mas em outros países também. Então é justo que haja um dia voltado à cultura nerd. Certo? Aliás, este é um país livre. Enfim, o dia mundial do orgulho nerd é comemorado desde 2006 no dia 25 de maio e começou na Espanha. O dia do orgulho nerd é uma iniciativa que visa garantir a todas as pessoas o direito de ser nerd.
Para quem acha que a data de 25 de maio é aleatória, o motivo é que em 25 de maio de 1977 estreou nos cinemas o filme Star Wars.
A celebração acabou espalhando-se pelo mundo e espera-se que esse ano diversos países adotem a data. Mas para ser nerd, não basta apenas sair por aí vestindo a camisa. Existem alguns direitos garantidos e algumas responsabilidades para serem seguidas, conforme mostra a lista abaixo:

Direitos:
1. Direito de ser ainda mais nerd;
2. Direito de não sair de casa;
3. Direito de não ter uma alma gêmea e de ser virgem;
4. Direito de não gostar de futebol ou qualquer outro esporte;
5. Direito de confraternizar com outros nerds;
6. Direito de ter pouco ou nenhum amigo;
7. Direito de ter todos os amigos nerds que quiser;
8. Direito de não estar na moda;
9. Direito de estar acima do peso e ter problemas de visão;
10. Direito de demonstrar toda sua nerdice;
11. Direito de dominar o mundo.

Responsabilidades:
1. Ser um nerd, acima de tudo;
2. Tentar ser mais nerd do que qualquer outra pessoa;
3. Se há uma discussão sobre algum assunto nerd, você deve dar sua opinião;
4. Preservar todas as coisas nerds que possuir;
5. Fazer de tudo para exibir suas coisas nerds como se elas estivessem num “Museu da Nerdice.”;
6. Não ser um nerd genérico. Você deve se especializar em algo;
7. Assistir todo filme nerd na noite de estréia e comprar todos os livros nerds antes de todo mundo;
8. Esperar na fila em toda noite de estréia. Se possível for fantasiado ou pelo menos com uma camisa relacionada a respeito;
9. Não gastar seu tempo com qualquer coisa não relacionada à nerdice;
10. Tentar dominar o mundo!

segunda-feira, 16 de maio de 2011

Oh! Duvida cruel!

A polêmica veio à tona pela internet:  a NASA (Agência Espacial Americana) voltou a incluir Plutão na lista de PLANETAS do Sistema Solar em gráfico sobre as FUTURAS missões planetárias da agência.
Plutão está fora da lista de planetas do Sistema Solar há cinco anos, pois em 2006 a IAU (União Astronômica Internacional), órgão que diz quem é quem no Universo promoveu o rebaixamento (leia mais aqui).
Isso ocorreu depois que o astônomo Michael Brown, do Caltech (Instituto de Tecnologia da Califórnia), descobriu o primeiro astro além da órbita de Netuno com dimensões maiores que as de Plutão. Então, este astro fora, mais tarde, chamado de Eres.
Já o astrônomo, virou celebridade no mundo científico e foi escolhido pela revista "Time" como uma das cem pessoas mais influentes daquele ano (2006). E como se não bastasse, Brown até publicou um livro- "How I Killed Pluto And Why It Had It Coming" ("Como Matei Plutão E Por Que Ele Mereceu").
Mas, parece que a NASA torceu o nariz. E o motivo é simples: pouco antes do rebaixamento, em janeiro de 2006, a agência havia enviado uma sonda ("New Horizons") para estudar justamente Plutão. Essa viagem, de aproximadamente 5 bilhões de quilômetros, deve terminar em 2015. O custo da mesma é de mais ou menos, US$700 milhões. É um valor alto, ainda mais considerando que a NASA tem sofrido corte de recursos desde o início da crise econômica dos EUA. E só para comparar, o orçamento previsto para 2011 é de US$19 bilhões.
No entanto, cientistas de outras instituições também abraçaram a causa e questionaram o rebaixamento do planetinha. No começo do corrente ano, um grupo do Observatório de Paris disse que havia realizado uma medição que comprovaria que Eres é menor que Plutão (leia mais aqui). Com isso, a União Astronômica Internacional bateu o pé e não mudou de ideia. Ou seja, Plutão continua no grupo "B" do nosso Sistema Solar.
Enfim, a NASA não se manifestou sobre a inclusão de Plutão em seu gráfico. Teria sido um engano involuntário da agência, ou o início de uma empreitada para reclassificar Plutão antes da sonda chegar ao planetinha?

quarta-feira, 4 de maio de 2011

Festa no Céu

CHUVA DE METEOROS SERÁ VISÍVEL A OLHO NU ESTA SEMANA!!
Isso mesmo, foi confirmado pela NASA (Agência Espacial Norte Americana) que quem olhar o céu na noite dos próximos dias poderá se deparar com um espetáculo diferente: uma chuva de meteoros do cometa Halley VISÍVEL A OLHO NU. De acordo com a Agência Espacial Norte Americana, o melhor período para observá- la será entre a quinta- feira (05/04) e a sexta- feira (06/04). 
E o melhor: desta vez os BRASILEIROS, se a metereologia ajudar é claro, poderá assistir o espetáculo de camarote, afinal de contas, as melhores condições de visibilidade estarão no Hemisfério SUL. Em condições ideais, serão vistos de 40 a 60 meteoros por hora!
Agora, aqui vai a dica: quem quiser contemplar bem o fenômeno, É IDEAL QUE ESTEJE EM UM LOCAL COM POUCA ILUMINAÇÃO.

O FAMOSO COMETA HALLEY
COMETA é um corpo menor do SISTEMA SOLAR que orbita o Sol. Quando se aproxima do Sol, um cometa começa a exibir uma atmosfera difusa, denominada coma e uma cauda, ambas causadas pelos efeitos da radiação solar sobre o núcleo cometário. Os núcleos cometários são compostos por gelo, poeira e pequenos fragmentos rochosos, variando em tamanho alguns quilômetros e até dezenas de quilômetros.
Agora, o Cometa Halley é um resquício antigo da formação do Sistema Solar e completa uma volta ao redor do Sol a cada 76 anos. A última vez que ele se aproximou da Terra foi em 1986.
Atualmente ele se encontra bem longe daqui e só deve voltar novamente em 2061. Mas mesmo assim, a trilha de poeira gelada que ele deixa pode ser vista duas vezes por ano, ou seja, quando nosso planeta passa perto dessas partículas.
No mês de maio, essa chuva recebe o nome de Eta Aquarídea, porque o fenômeno parece começar próximo a estrela da constelação de Aquário. Já em outubro, ela se chama Orionídea.
Enfim, mesmo que este espetáculo comece na constelação de Aquário, não será preciso olhar diretamente para a mesma para ver os meteoritos caindo, pois, segundo Bill Cooke da NASA: "Os meteoros podem aparecer em qualquer parte do céu." 

Spock Quote of the Day