sexta-feira, 23 de setembro de 2011

Ou o céu vai cair ou vai cair metal do céu!

Mal começou a primavera e, de acordo com a Nasa vai chover metal! Em outras palavras, o satélite Uars que está desativado desde 2005 está se aproximando da Terra e deve atingir algum ponto do planeta nessa primeira madrugada da estação das flores.
Onde exatamente isso irá acontecer poderá ser determinado apenas algumas horas antes do impacto.
No entanto, a Agência Norte Americana (proprietária de 6,5 toneladas do metal que cairá do céu) pede a população para não se preocupar pois as chances de alguém ser atingido são realmente baixas, mas cá entre nós e se a Lei de Murphy acertar?
Pensando nisso a Nasa considera: as chances de um dos (aproximadamente) 7 bilhões de terráqueos ser atingido por algum dos destroços são de 1 em 3.200. Agora, as chances de um fragmento acertar uma pessoa específica (como você ou alguém do seu lado) são de 1 em 22 trilhões.
Enfim, cientistas afirmam que boa parte do satélite deve ser incinerado e destruído na reentrada mas, cerca de 500 Kg devem resistir à temperatura e dividido em, pelo menos, 6 grandes fragmentos.
Levando em consideração o tamanho do planeta e que cerca de 70% do mesmo é coberto por água e grandes porções de terra são desabitadas, por exemplo o Deserto do Saara, a Sibéria e a Antártida será bem difícil de alguém ser 'sorteado'.

O SATÉLITE
Lançado em 1991 pelo Discovery, o Uars observou a atmosfera terrestre até 2005.
Após a desativação ele passou a integrar uma grande massa de lixo espacial, que é composto por outros satélites defuntos, partes de foguetes e até mesmo ferramentas perdidas pelos astronautas como câmeras fotográficas e várias outras coisas.
Satélite Uars

Vestibulinho 2012 - Etec Pe Carlos Lêoncio da Silva


Cursos oferecidos:
Informática para internet - 40 vagas (noite)
Logística - 40 vagas (tarde e noite)
Marketing - 40 vagas (noite)
Redes de computadores - 40 vagas (tarde)
Segurança do trabalho - 40 vagas (tarde e noite)
Serviços Jurídicos - 40 vagas (noite)
Inscrições a partir de 28 de setembro até 18 de outubro pelo site Vestibulinho ETEC.

quinta-feira, 22 de setembro de 2011

"As tantas rosas que os poderosos matam nunca conseguirão deter a primavera." Che Guevara



Depois de um longo inverno (que nem parecia inverno) a primavera chegou, ou melhor, chegará às 6h04 min do dia 23 de setembro de 2011 (amanhã, ou para quem preferir, em algumas horas) de acordo com os dados cedidos pelo INPE (Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais).
Para quem não sabe, a primavera é a época onde o movimento de translação (deslocamento da Terra em torno do Sol) juntamente com a inclinação do eixo terrestre (23°27') em relação ao plano orbital, ou seja, é a responsável pela variação de energia solar que atinge a superfície terrestre em determinada época do ano.
A principal característica dessa estação é o reflorestamento da flora.
Do ponto de vista da Astronomia, quando o Sol em sua órbita aparente, cruza o plano do equador celeste (a Linha do Equador terrestre projetada na esfera celeste). Daí o nome equinócio de primavera.
Iluminação da Terra pelo Sol no momento do equinócio

Bem diferente do que ocorre no inverno, essa estação apresenta a duração do dia igual a duração da noite e a cada dia que passa, o dia aumenta enquanto a noite vai encurtando, aumentando assim, a insolação do hemisfério respectivo.
Com esse dia começamos também uma nova temporada... E para as próximas postagens estarei aguardando sugestões!
Feliz início de primavera!

Spock Quote of the Day